O Albergue


O Tupiniquim é a experiência de estar no Rio de Janeiro num contexto tipicamente brasileiro, a nossa janta é comida regional, a nossa seleção de filmes tem uma ênfase no cinema cult, a música que toca nas áreas comuns é selecionada dentre o melhor que a música brasileira tem a oferecer, a "carioquice" se faz presente em todos os espaços e momentos.

Passeio Virtual do Tupiniquim em 360º: Clique nas setas para avançar.

cover-para-360o

cover-para-360o

Mas o Tupiniquim tem a ver sobretudo com qualidade. Considerando os poucos recursos (que infelizmente são de praxe nos albergues) que dispomos, a gente tem um custo/beneficio e um padrão de atendimento muito acima da média que você encontra aqui no Rio ... pensa em Leônidas e seus 300 espartanos, eles estão em outro nível se comparados com os gregos dos tempos deles, mesma coisa aqui.

Claro que isso não quer dizer que a gente é perfeito, longe disso, quer dizer apenas que melhoramos tudo a todo momento numa busca incansável, temos sido assim nos últimos 10 anos, como diria o Marcelo D2: “À Procura da Batida Perfeita" ...

Video do Tupiniquim em Botafogo, Rio de Janeiro: Clique para iniciar

cover-para-youtube

Quer dizer, você realmente está disposto a pagar o dobro de preço para poder ficar em algum hostel fuleiro só porque está tipo uns 100 metros mais perto da praia de Ipanema ?? … a gente está a 5 min. de ônibus da praia que fica aos pés do Pão de Açúcar (se chama Praia Vermelha) mas estamos anos-luz a frente da grande maioria dos outros albergues em termos de serviço, staff, personalidade, diversão, etc …

Muitos albergues aqui no Rio de Janeiro tratam os brasileiros como cidadãos de segunda classe, existe um marketing muito forte na nossa própria mídia que bota os estrangeiros lá em cima, exaltando-os como se fossem destaque de carro alegórico de carnaval, todos os holofotes em cima deles. Qualquer reportagem sobre turismo no Rio de Janeiro escancara isso. Não é à toa que muitos albergues daqui esnobam brasileiros, alguns até barram a entrada. Tem vários que nem recepcionistas brasileiros tem … já imaginou chegar num lugar aqui no Brasil, no coração do Rio de Janeiro onde sequer se fala português ?? o meu/o seu/o nosso idioma ??

A gente acha isso um absurdo, uma p&^@ falta de respeito, por isso todos os nossos funcionários são brasileiros, cariocas em sua maioria, com aquela ginga e malandragem características. Vão poder te orientar muito melhor que qualquer estrangeiro. Isso se reflete na nossa ocupação: 60 % dos nossos hóspedes são brasileiros, vem de todos os cantos do Brasil, trazendo e enriquecendo a gente … Agora, isso não quer dizer que tenhamos alguma coisa contra os nossos hóspedes estrangeiros, muito pelo contrário, apenas fazemos com que eles se integrem ao clima de brasilidade do Tupiniquim, que saiam do clichê Cristo-praia-samba-futebol-mulher gostosa e enxerguem um Rio de Janeiro, um Brasil, mais completo, mais realista.